Memória eleitoral: a 21ª Zona Eleitoral de Rondônia – Porto Velho e Candeias do Jamari

Os dois municípios juntos formam um total de 76.015 eleitores

Os dois municípios juntos formam um total de 76.015 eleitores

A atual capital do Estado de Rondônia, o Município de Porto Velho, teve seu ciclo de desenvolvimento inicial ligado à construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, a qual ligava Porto Velho a Guajará-Mirim no início do século passado, e que trouxe consigo as instalações portuárias, férreas, residenciais e infraestrutura desse novo empreendimento, na região amazônica brasileira.

A Estrada de Ferro traria melhores possibilidades de escoamento da borracha – que tinha a extração da seringa (matéria prima da borracha) realizada no atual Estado de Rondônia e na Bolívia, iniciando por meio do caudaloso Rio Madeira em Porto Velho, seguindo pela Bacia Amazônica, que possui fácil acesso ao Oceano Atlântico, facilitando a exportação do produto.

Inicialmente, Porto Velho foi criado como um município do Amazonas, transformando-se na capital do Território Federal do Guaporé apenas em 1943.

 

Candeias do Jamari

O Município de Candeias do Jamari surgiu como povoação no cruzamento da BR-29 (hoje BR-364) com o Rio Candeias, afluentes do Rio Jamari e ficou conhecida como “Vila Candeias” em homenagem ao Rio que banha a cidade. Tem sua origem ligada à instalação, pelo Governo do Estado do Mato Grosso, de um Distrito Policial criado pelo Ato nº 2.213, de 14 de novembro de 1939, no local pertencente ao município de Alto-Madeira, com sede em Santo Antônio.

O município foi criado com o nome de Candeias do Jamari pela Lei nº 363, de 13 fevereiro de 1992, com área desmembrada do Município de Porto Velho. E também possui um distrito chamado Triunfo - localizado a 120 quilômetros da sede do município, com cerca de 6 mil habitantes e a Vila Nova Samuel, no km 45, localidade onde foi construída, em 1989, a Usina Hidrelétrica de Samuel.

 

21ª Zona Eleitoral

A 21ª Zona Eleitoral atende aos Municípios de Porto Velho e Candeias do Jamari. Ela foi criada no ano de 1994, quando o novo zoneamento eleitoral da capital rondoniense foi aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral.  

Atualmente, a Zona é composta por um total de 249 seções, sendo 178 em Porto Velho e 62 Candeias do Jamari. Os dois municípios juntos somam um total de 76.015 eleitores - 58.332 mil pertencem a Porto Velho e 17.683 a Candeias - vinculados a este Cartório na capital rondoniense.

A 21ª Zona Eleitoral tem como juiz Áureo Virgílio Queiroz, como promotor eleitoral Glauco Maldonado Martins e como chefe de cartório João Paulo Rodrigues de Lima, além de possuir uma equipe constituída por mais 5 servidores.

O Cartório da 21ª Zona Eleitoral de Rondônia está localizado na rua Jacy Paraná, bairro Baixa União, em Porto Velho. O telefone para contato é o (69) 32112221 e o e-mail é o zon021@tre-ro.jus.br.

 

Fontes: Livro – “Como Sentinelas Avançadas – A Justiça Eleitoral em Rondônia” 2ª Edição, Portal das Prefeituras de Porto Velho e Candeias do Jamari, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e sites do TRE-RO e do Tribunal Superior Eleitoral.

 

Siga-nos no Twítter e no Instagram

Curta nossa página no Facebook.

Acesse nosso canal no YouTube.    

Últimas notícias postadas

Recentes