Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica

ESCLARECIMENTOS SOBRE INFORMAÇÕES FALSAS VEICULADAS NAS ELEIÇÕES 2018

Justiça Eleitoral contra a disseminação das “fake news” nas Eleições 2018

Portaria 759/2018

Edital n. 100/2018

Video Institucional - Presidente da Comissão de Auditoria em Votação Eletrônica

Resolução TSE n.  23.574/2018

Resolução TSE n. 23.550/2017

Resolução TRE-RO n. 06/2018

Guia rápido - Auditoria de Urnas - 2018/2

Auditoria em votação eletrônica - Seções Sorteadas - 1º turno - Eleições-2018

Resultado da Auditoria - 1º turno - Eleições-2018

Auditoria em votação eletrônica - Seções Sorteadas - 2º turno - Eleições-2018

Entenda os sistemas de segurança da votação eletrônica

Como funciona essa auditoria dos sistemas?

A urna eletrônica é confiável?

Como são os testes da urna eletrônica?

Segurança do voto eletrônico no Brasil


Segurança das eleições informatizadas

Visando fornecer esclarecimentos sobre as diversas questões e teorias difundidas pelos meios de comunicação acerca da segurança do processo eleitoral brasileiro, muitas vezes sem qualquer respaldo técnico ou legal, o Tribunal Superior Eleitoral compilou nesta página os temas mais frequentes sobre esse assunto, a fim de esclarecer o cidadão sobre os mecanismos adotados pela Justiça Eleitoral para trazer segurança e, consequentemente, confiança às eleições informatizadas do Brasil. Mito ou Verdade?


TRE-RO fará sorteio da auditoria de urnas eletrônicas na véspera das eleições

 

No dia do pleito, a auditoria das urnas eletrônicas poderá ser acompanhada, pelos candidatos, partidos, coligações, imprensa e população em geral, no TRE-RO e nos locais de votação sorteados

 

A Comissão de Auditoria de Urnas Eletrônicas do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) realizará o sorteio das seções eleitorais neste sábado (6), a partir das 9h, e os testes de auditoria urnas eletrônicas, no domingo (7) da eleição.

Uma parte dos testes de auditoria acontecerá na capital, em três urnas, e a outra etapa da checagem, em tempo real, ocorrerá nas seções eleitorais sorteadas - que poderá recair em qualquer local de votação de Rondônia, onde serão feitas análises do funcionamento de outras três urnas eletrônicas, quanto a regularidade, a autenticidade e a integridade dos sistemas instalados no dispositivo de votação eletrônica.

A presidente da Comissão de Auditoria, juíza membro Rosemeire Conceição, autorizará o sorteio de três urnas eletrônicas às 9 horas da manhã, no auditório do TRE-RO, um dia antes das eleições. No dia da votação, a auditoria acontecerá em tempo real nas seções eleitorais no local de votação previamente sorteado e nas outras três urnas eletrônicas selecionadas, na sede do Tribunal em Porto Velho.

O sorteio e o teste das urnas eletrônicas serão abertos ao público em geral, além da presença de patrulheiros eleitorais, juízes, representantes de partidos e coligações e imprensa. Esse procedimento será realizado por todos os tribunais regionais eleitorais brasileiros, como mais uma forma de auditar e comprovar a segurança da votação eletrônica no Brasil.



Comissão de Auditoria demonstra o funcionamento das urnas eletrônicas no TRE-RO

 

A Presidente da Comissão, juíza Rosemeire Conceição, reuniu todos os membros da auditória, a fim de simular os procedimentos de verificação no dia 7 de outubro 2018

 

Foi realizada no Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO), na tarde da última quinta-feira (20), uma reunião com a Presidente da Comissão de Auditoria de Urnas, juíza membro Rosemeire Conceição dos Santos Pereira de Souza, com todos os integrantes da comissão, para a simulação da auditoria da votação eletrônica, conhecida como "auditoria em tempo real", que se realizará no dia da eleição, procedimento que será da responsabilidade da Zona Eleitoral cuja seção for sorteada. 

A Justiça Eleitoral brasileira, por meio das Secretarias de Tecnologia da Informação dos Tribunais (TSE e TREs) e das Comissões de Auditoria de Urnas preza pela autenticidade e integridade dos sistemas nas urnas eletrônicas e visa também dar transparência ao processo eleitoral, além de atestar a confiabilidade da votação pelo meio eletrônico. 

A reunião contou também com a presença dos membros da comissão, sendo eles: 1ª Secretária Rudma Rosa Oliveira Costa, 2º Secretário Danilo Adriano Fontinelle Afonso, servidora Cristiane Melo, servidora Eny Coelho Leal, servidor Neiton Lima de Carvalho e o servidor Plínio Martins de Oliveira.

 

Presidente da Comissão de Votação Paralela do TRE-RO orienta membros para o 1°Turno das eleições

A novidade deste ano é que serão sorteadas seis urnas em Rondônia e três delas vão ser auditadas em Porto Velho

Na última quarta-feira (12), nas dependências do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO), aconteceu a reunião da Comissão de Auditoria de Funcionamento das Urnas Eletrônicas com a presença da presidente da representação de auditoria das urnas eletrônicas, juíza membro Rosemeire Conceição dos Santos Pereira de Souza, para abertura dos trabalhos e tratar dos ajustes iniciais do evento no 1° turno das Eleições Gerais de 2018.

 

Na reunião, foi discutida a logística para verificação pelos juízes, que ficarão responsáveis pela auditoria no interior do estado no dia do pleito, e também sobre as mudanças feitas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Este ano, seis urnas serão sorteadas em Rondônia e três, dessas seis, vão ser auditadas na própria seção eleitoral, na presença dos mesários, em tempo real, nas próprias seções eleitorais nos locais de votação em qualquer município, dependendo do sorteio. Já as outras três passarão pelo processo de auditoria nas instalações do Tribunal em Porto Velho. A primeira urna sorteada deverá ser entre as zonas eleitorais da capital rondoniense.

 

Na capital, a auditoria de votação será no 1° andar do prédio sede do Regional, no dia 7 de outubro, das 8 às 17h. A auditagem de funcionamento das urnas eletrônicas será aberta a qualquer interessado em verificar a autenticidade e a integridade dos sistemas instalados nas urnas eletrônicas no dia da votação.

 

Ficou definido na reunião os órgãos que serão convidados a participar do processo de auditoria, além dos fiscais de partidos políticos e das coligações e Departamentos de Tecnologia da Informação de universidades, sendo eles:

 

  • Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RO)
  • Ministérios Públicos Estadual e Federal
  • Assembleia Legislativa de Rondônia
  • Câmara Municipal dos Vereadores
  • Governo do Estado de Rondônia
  • Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJ-RO)
  • Controladoria-Geral da União
  • Departamento de Polícia Federal
  • Sociedade Brasileira de Computação de Rondônia
  •  Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CREA)